segunda-feira, 9 de março de 2009

Colônia Poême de Lancôme



Uma composição de contrastes em que as nuances efusivas da Papoula Azul do Himalaia abraça o perfume encantador da flor de Datura. Em torno desse duo, as flores brancas misturam-se alegremente com as flores amarelas... No POÊME, cada palavra é uma flor, e cada flor é um poema criado para expressar o que não pode ser dito.

comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

░░░(¯`:´¯)░ Obrigada pelo seu comentário!
░░(¯ `•.\|/.•´¯)░░
░(¯ `•.(۞).•´¯)░
░░(_.•´/|\`•._)
░░░ (_.:._).░ Fiquem a vontade!
░░░(¯`:´¯)░░
░(¯ `•.\|/.•´¯)░░
░(¯ `•.(۞).•´¯)░░ Sua opinião é muito importante para nós!
░░(_.•´/|\`•._)░░
░░░(_.:._)░░░░░ Bjs da Gi :) !!!!

Sejam bem vindos!!! Curta também nossa Página no Facebook!

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets

Receba as atualizações via Email